Sabemos por experiência própria que as palavras têm um grande poder – seja para edificar ou destruir.  Elas carregam uma mensagem que impacta as pessoas ao nosso redor.  Entretanto nenhuma mensagem se iguala à que Jesus Cristo trouxe.

“O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres.  Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor.” (Lucas 4.18-19)

Ele incumbiu a sua igreja de levar a todos os povos essa mesma Mensagem.  E para fazê-lo, capacitou seus discípulos desde o Pentecoste até os presentes dias através do mesmo Espírito Santo através do qual proclamou libertação do poder do pecado e das trevas.

“Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em 

Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da terra.” (Atos 1.9)

Nada se compara ao privilégio de compartilhar as Boas Novas começando lá onde vivemos, trabalhamos e estudamos, e assim podermos ver vidas sendo salvas e transformadas.  Mas podemos ir além, através dos pés dos missionários, orando por eles e apoiando-os em palavra e ação.

“Como são belos nos montes os pés daqueles que anunciam boas novas, que proclamam a paz, que trazem boas notícias, que proclamam salvação, que dizem a Sião: ‘O seu Deus reina!’” (Isaías 52.7)